Propiciar o resgate cultural e social da mulher que recentemente teve um bebê. É esta a missão do CineMaterna, sessão de cinema amigável para mães (e pais) com bebês de até 18 meses, que completou seis anos no dia 26 de agosto.

Criado em 2008 por Irene Nagashima e Taís Viana em um grupo de discussão sobre parto humanizado e maternidade ativa pela internet, hoje acontece em 34 cidades e 15 estados, realizando mais de 70 sessões mensais em 67 salas do Brasil.

Só no primeiro semestre de 2014 houve aumento de 36% no público atendido. A expectativa é que o número de mães com bebês que frequentam as sessões cresça 15% em relação a 2013, bem como a quantidade de salas em que as sessões acontecem, com um salto de 21% sobre o ano anterior. “O bom andamento da iniciativa reflete o sucesso alcançado em várias cidades e a criação da cultura de lazer para a mãe recém-nascida e seu bebê”, ressalta Irene.

De janeiro a junho, sete novas salas firmaram parceria com o CineMaterna, entre elas uma no Iguatemi Esplanada, de Sorocaba; no Iguatemi Rio Preto, de São José do Rio Preto; e no Plaza Macaé, no estado do Rio de Janeiro. Taís ressalta que “até o fim do ano, a expectativa é que mais seis salas façam parte da rede.

Os encontros acontecem em salas preparadas especialmente para os bebês: ar-condicionado ameno, trocadores com fraldas, pomada e lenços umedecidos, luzes parcialmente acesas, som mais baixo e tapete emborrachado para os maiorzinhos. Os filmes são escolhidos pelas mães por meio de enquetes no site www.cinematerna.org.br, e após a exibição são convidadas para um bate-papo no café, ótima oportunidade para trocarem experiências.

Os carrinhos de bebê são estacionados e, na sala de cinema, bebês ficam completamente à vontade. O horário é sempre às 14h, quando as salas de cinema estão mais vazias, oferecendo a tranquilidade e privacidade que mães e bebês tanto gostam.

Para conhecer o CineMaterna, conferir as sessões e se cadastrar para participar da escolha dos filmes, acesse: www.cinematerna.org.br.