Adolescentes ativistas que sobreviveram ao tiroteio mortal na Marjory Stoneman Douglas High School, em Parkland, nos Estados Unidos, estão gastando seu verão lutando por justiça.

Créditos: reprodução/@marchforourlives/Facebook

Alunos de Parkland percorrerão os Estados Unidos a bordo de um ônibus em "protesto de verão"

A organização March For Our Lives, que inclui os alunos Emma Gonzalez, Jaclyn Corin e Cameron Kasky, assim como os recém-formados David Hogg e Delaney Tarr, anunciaram a March For Our Lives: Road to Change --uma excursão de ônibus dedicada a registrar jovens para votar e promover a reforma da lei de armas no país.

No domingo (3), a conta do movimento tuitou: "A escola acabou. Mas nosso trabalho está apenas começando", em uma mensagem que se referia às férias dos estudantes:

Logo depois, a campanha #RoadToChange foi revelada. A excursão de ônibus de 60 dias, 20 Estados e 75 paradas começará na próxima sexta-feira (15), em Chicago, de acordo com o site. Neste dia, o grupo se juntará à Marcha da Paz, liderada por estudantes da St. Sabina Academy, e depois viajará pelos Estados Unidos.

“Visitaremos várias comunidades que foram afetadas pela violência armada para encontrar outros sobreviventes e usar nossas vozes para amplificar as deles”, comunicou uma nota da March For Our Lives na internet.

Créditos: reprodução/@marchforourlives/Facebook

Alunos de Parkland percorrerão os Estados Unidos a bordo de um ônibus em "protesto de verão"

Todos os dias, o Quem Inova apresenta o talento de crianças e adolescentes que conceberam as ideias e os projetos e mais interessantes, úteis e curiosos pelo mundo. E ativismo faz parte do modo dos jovens de mudar o mundo para melhor.

Leia a reportagem completa no Mashable

Professores usam hashtag e listam 'armas' que gostariam de usar

Rede Quem Inova

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Redação da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.