A blogueira norte-americana Jackie Goldschneider tem um irmão, Eric, que possui necessidades especiais. Quando o garoto começou a frequentar a escola junto com a irmã, foi provocado por ser “diferente” e sofreu agressão.

Os alunos costumavam roubar seu dinheiro do almoço, faziam-no repetir frases estúpidas apenas para causar risadas e atiravam objetos em Eric.

Certa manhã, na escola, algumas crianças mandaram Eric tirar os sapatos e os usaram para tentar danificar o banheiro. Eric passou o resto do dia escolar apenas de meias.

Créditos: reprodução/Wikimedia Commons

Criança deficiente sofreu com bullying, mas história mudou o futuro

“Quando descobri, entrei no banheiro das meninas, ajoelhei-me numa cabine e chorei tanto que não conseguia respirar”, contou Jackie. “Meu coração foi quebrado. Eu não conseguia entender como alguém pode ser tão cruel ou tentar magoar alguém tão vulnerável."

Os filhos de Jackie amam seu tio Eric e, ao saber da história, não conseguiram entender por que alguém faria isso com ele.

Créditos: reprodução/Jacqueline Goldschneider

Criança deficiente sofreu com bullying, mas história mudou o futuro

Porém, outros alunos ajudaram Eric na época e o protegeram. Jackie, então, disse às suas crianças como é importante ser "mais do que legal". Exatamente como aqueles bons estudantes fizeram.

"Certifique-se de tratar a todos gentilmente, na escola e em qualquer outro lugar. Nunca tente machucar ninguém, porque quando você faz, magoa todas as pessoas que também os amam", escreveu ela .

Créditos: reprodução/@jacqueline.markgoldschneider/Facebook

Criança deficiente sofreu com bullying, mas história mudou o futuro

Seu relato chamou a atenção nas redes sociais, mostrando como uma forma diferente de mostrar um problema antigo pode gerar bons frutos no presente.

Com informações de "Inspire More" e "Scary Mommy"

Diretor deixa aluno que sofreu bullying raspar sua cabeça