A brasileira Tina Gomes, moradora de Cidade Tiradentes, no extremo leste de São Paulo, é semialfabetizada, autodidata, mãe de cinco filhos, esquizofrênica e está em um quadro de depressão. Como forma de pedir ajuda e entender sua própria mente, a ex-cobradora de ônibus começou a capturar imagens impressionantes, mesmo sem ter feito um curso de fotografia.

A fotografia surgiu em sua vida em uma palestra que assistiu no Fotoclube Luminous, convidada pela fotógrafa Rita Barreto. Na mesma época, ganhou sua primeira câmera e iniciou a produção das imagens, usando como modelos os próprios filhos. Para aprender as teorias e técnicas da profissão, Tina se baseou em tutoriais da internet e aperfeiçoou com a prática diária.

Quando foi contemplada com uma bolsa de estudos na escola Riguardare, Tina começou o ensino formal da fotografia, no entanto, nesse período sua vida mudou. Grávida de nove meses, ela descobriu que o bebê sofria de anencefalia e acabou perdendo durante o parto. Abalada, sua vida foi tomada pela depressão, que é revelada através de imagens emocionantes.

A artista diz que não gosta de fotometria (medida da luz proveniente de um objeto) ou flash, pois prefere a luz natural para capturar fotos que refletem seu universo e sentimentos. Com figurinos emprestados e usando como modelo a filha Sophia, de 12 anos, ela procura se libertar de dores e angústias cotidianas.

Veja mais imagens do trabalho:

1/19

 

2/19

 

3/19

 

4/19

 

5/19

 

6/19

 

7/19

 

8/19

 

9/19

 

10/19

 

11/19

 

12/19

 

13/19

 

14/19

 

15/19

 

16/19

 

17/19

 

18/19

 

19/19

 

  •  

    1/19

  •  

    2/19

  •  

    3/19

  •  

    4/19

  •  

    5/19

  •  

    6/19

  •  

    7/19

  •  

    8/19

  •  

    9/19

  •  

    10/19

  •  

    11/19

  •  

    12/19

  •  

    13/19

  •  

    14/19

  •  

    15/19

  •  

    16/19

  •  

    17/19

  •  

    18/19

  •  

    19/19

Via Hypeness