Um grupo de estudantes da Universidade Federal do ABC (UFABC), em São Paulo, ficou em terceiro lugar na edição de 2018 do Torneio Internacional de Físicos (IPT - International Physicists’ Tournament). A final da disputa aconteceu na Rússia.

Créditos: reprodução/Facebook

Alunos do ABC, em São Paulo, ficam em terceiro lugar em torneio internacional de física

De acordo com informações do jornal “Gazeta do Povo”, a ideia da competição é que alunos de graduação e mestrado em física procurem soluções para 17 problemas da área que ainda não foram resolvidos concretamente.

Neste ano, os brasileiros tiveram de cumprir desafios envolvendo buracos negros sônicos, origamis e detectores de partículas caseiros. Além disso, precisaram descobrir como reacender uma vela a partir da própria fumaça, e na maior altura possível.

Essa foi a segunda participação do Brasil na disputa mundial. O grupo marcou presença em duas edições do torneio --uma delas no ano passado, na Suécia, quando conquistaram o primeiro lugar entre países americanos e o 11º lugar na classificação geral.

Créditos: reprodução/site IPT

Alunos do ABC, em São Paulo, ficam em terceiro lugar em torneio internacional de física

“Nunca pensei que alcançaríamos a final dada a quantidade de dificuldades que tivemos”, disse Ricardo Gitti, um dos participantes, em entrevista ao ”Diário do Grande ABC”.  “Mas isso mostra que todo o esforço valeu a pena.”

O time foi composto por André Juan, Matheus Pessôa, Andrius Dominiqui, Lucas Maia, Lucas Tonetto e Gustavo Saraiva, além de Gitti. O mestre em física Henrique Ferreira lidera a equipe.

“Esperamos mostrar que os jovens estudantes desse país merecem todo nosso investimento para irem cada vez mais longe”, publicou a equipe no Facebook, após a premiação. “Que outros brasileiros alcancem conquistas cada vez maiores, sem passar pelas dificuldades que passamos.”

Leia a reportagem completa no “Gazeta do Povo

Unesp cria 'iogurte' contra doenças e tenta prêmio nos EUA

Rede Quem Inova

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Redação da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.