A primeira rodada do Pretaz_HUB DAY acontecerá no próximo dia 13 no Rio de Janeiro. A meta do evento, que acontecerá das 9h às 13h, é fortalecer os negócios de empreendedoras de origens negra e indígena nas áreas de comunicação, audiovisual e tecnologia.

Créditos: reprodução/Google Maps

Grupo Az Pretaz faz evento para mulheres de origens indígenas e afro na FGV (foto), no Rio

A programação é gratuita. Serão disponibilizadas 60 vagas --20 para cada atividade. As interessadas em participar devem ser mulheres negras, trans, cis e indígenas responsáveis legais por empresas que possuam MEI OU IME. As interessadas podem se inscrever até terça-feira (10) aqui.

Uma palestra sobre comunicação social abrirá o Pretaz_HUB DAY e pretende ensinar a apresentar um negócio de forma assertiva aos investidores em potencial. Na sequência, será realizado um workshop de comunicação para vendas, com práticas de relacionamento com a imprensa, uso de redes sociais e parcerias estratégicas para aumento do faturamento.

Depois, acontece a  rodada de negócios, que vai reunir potenciais empresas compradoras (âncoras) e vendedoras (participantes) para estimular o consumo e a circulação de renda entre as empreendedoras. Fecha a programação um bate-papo sobre oportunidades e novas tecnologias no mercado audiovisual.

O evento acontecerá na unidade de Botafogo da Fundação Getúlio Vargas (Praia de Botafogo, 190).

Créditos: @peshkov/iStock

Grupo Az Pretaz faz evento para empreendedoras de origens indígenas e afro no Rio de Janeiro

O coletivo AzPretaz, formado por mulheres, nasceu da necessidade de ampliar a participação dos grupos que representa nos meios de comunicação. O grupo se sustenta em três pilares: ativismo audiovisual, afroempreendedorismo e feminismo negro.

Já noticiamos, por exemplo, uma formação audiovisual gratuita para mulheres do Rio oferecida pela organização. A ação visava a aumentar a presença de minorias femininas no mercado de trabalho e diversificar os discursos na internet.

Jovens criam aplicativo para ajudar empreendedores negros

Rede Quem Inova

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Redação da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.