Uma barbearia de Michigan (EUA) lançou um projeto para estimular a leitura entre as crianças. Quem cortar o cabelo lendo um livro ganha um desconto de US$ 2 –o corte infantil custa US$ 11.

O projeto, chamado de ‘Read to a Barber’ (‘Leia para um barbeiro’, em tradução livre), é uma iniciativa é de Ryan Griffin, que tem três filhos e trabalha na cidade de Ypsilanti há mais de 20 anos.

Créditos: Keith Jason/Divulgação

Jozef Jason, 7, lê um livro para Ryan Griffin como parte do programa de incentivo à leitura da barbearia

Ryan acompanha a leitura, conversa sobre as histórias e ajuda as crianças com as palavras difíceis.

“O importante é que as crianças menores, que ainda não sabem ler, vejam os maiores lendo e se interessem por pegar um livro também. É um presente quando uma criança descobre que ler é legal”, disse Ryan ao site “The Huffington Post”.

O projeto ganhou grande repercussão que Ryan vem recebendo caixas com livros da Flórida, Oregon, Washington, Maine e Califórnia e até cartas elogiando a iniciativa e até com doações em dinheiro.

“Muitas das cartas são de professores e bibliotecários que enfatizam o valor desses 15 minutos de leitura para crianças”, conta Ryan.

Essa história faz parte da série para o movimento Sou Responsável, cuja meta é estimular o protagonismo dos brasileiros. Em pleno ano eleitoral, o Catraca Livre e o Instituto SEB de Educação decidiram apoiar essa campanha para ajudar o brasileiro a também ser parte das soluções, e não do problema.