Aos poucos, o Largo da Batata, na zona oeste de São Paulo, começa a ganhar vida. Neste sábado, será inaugurado o primeiro bicicletário público gratuito e 24 horas da cidade.

Para usar o espaço, que vai contar com 100 vagas verticais, o usuário terá de fazer um cadastro no local. Um funcionário colocará as bicicletas nas vagas.

Haverá também uma estação com ferramentas básicas para o ciclista fazer pequenos ajustes ou consertos e um compressor de ar e uma bomba manual para encher pneus.

A localização do bicicletário visa integrar a estação Faria Lima do metrô à ciclovia de mesmo nome que, quando totalmente pronta, deverá ter 37 quilômetros.

Atualmente, 10 das 83 estações de metrô contam com serviço de guardar bicicletas, das 6h às 22h, mas o usuário precisa levar o próprio cadeado.

O projeto do bicicletário, que inclui a floricultura Ecoflores, é da SPUrbanismo, empresa pública ligada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano de São Paulo, e a operação e gestão da estrutura será do banco Itaú, inicialmente por 36 meses. O termo de cooperação foi firmado pela Subprefeitura de Pinheiros.

A construção do espaço, que teve participação ativa de cicloativistas, tem como objetivo estimular o chamado transporte intermodal (bicicleta-transporte público coletivo) e integra o sistema cicloviário do eixo oeste-sul da cidade.

FESTIVAL BIKE DA BATATA

A inauguração será com o Festival Bike na Batata, que trará arte, música, cinema, oficinas e atividades ligadas ao mundo sobre duas rodas e coordenada pelo Instituto Aromeiazero. Toda a programação, durante o sábado e o domingo, é gratuita e aberta ao público.

Sábado, às 14h30, haverá um café de boas vindas, seguido da Copa de Bike Polo, tatuagem nas bicicletas (desenhos feitos à mão pelo artista Marcelo Siqueira), cobertura fotográfica do Instabike, oficina mecânica Mão na Roda, manobras de Bike Trial, projeções de curtas-metragens sobre ocupação de espaço público, oficinas com reaproveitamento de materiais e show da banda Forro Jazz.

Domingo, a partir das 11h, a Escola Bike Anjo ensina adultos e crianças a pedalar, enquanto acontecem Rodas de Leitura, mais jogos de Bike Polo, Mão na Roda, Tatuagens nas Bikes e Bike Trial. O evento termina às 18h, ao som da banda Projeto da Mata.

Em tempo: vá de metrô! O acesso de bicicletas nas estações é liberado aos sábados, a partir das 14h, e aos domingos, durante todo o dia.

Por QSocial