A publicação de uma carioca sobre um senegalês que comercializa óculos nas areias da Barra, no Rio, está conquistando os internautas desde a última segunda-feira (2). Ele errou o valor de um de seus produtos e deu uma lição de honestidade.

Créditos: reprodução/"O Globo"

Senegalês erra o valor de um de seus produtos e dá uma lição de honestidade no Rio de Janeiro

De acordo com informações do jornal “O Globo”, o relato foi feito por Juliana Figueiredo, de 27 anos. A moradora de Bangu contou que saiu de casa no último domingo (1º) para ir à praia. Quando chegou, tirou apressadamente os óculos escuros da bolsa, que caíram e se quebraram.

Créditos: @oatawa/iStock

Senegalês erra o valor de um de seus produtos e dá uma lição de honestidade no Rio de Janeiro

“Meia hora depois, chegou esse rapaz senegalês vendendo óculos”, relembra. “Ele não sabia falar português. Tentou consertar, mas não teve jeito. Acabei comprando um par dele por R$ 35”, diz a carioca, que pagou com cartão.

Mas, acidentalmente, o vendedor havia cobrado R$ 350. Minutos depois, ele voltou procurando a compradora. Gesticulava, apontando para os óculos e para a nota. “Não entendia o que ele estava querendo dizer. Ele estava muito nervoso e foi embora”, conta Figueiredo. “Um tempo depois voltou, acompanhado de um amigo também senegalês, mas que falava português um pouco melhor." Aí ela entendeu o que havia acontecido.

Eles trocaram contatos e combinaram de desfazer a confusão no dia seguinte, quando o dinheiro cairia na conta do homem. Na segunda, ela voltou e encontrou o rapaz com o dinheiro excedente.

“Eu tinha visto pela foto do WhatsApp que ele tinha um filho pequeno. Dava para ver que era uma família humilde”, relata a moça, lamentando não ter entendido o nome do estrangeiro. “Imagina o quanto R$ 350 não representam no orçamento dele? Foi uma atitude maravilhosa dele e do amigo”, resume a brasileira.

Leia a reportagem completa em “O Globo

Motorista de ônibus acha pasta de dinheiro e devolve ao dono