Após uma série de experiências profissionais em sala de aula, a especialista em saúde pública Carolina Borges teve a ideia de criar uma metodologia própria focada em desenvolvimento de professores. Assim, nasceu o Professor Mode On, um programa de mentoria voltado para docentes.

Créditos: reprodução/LinkedIn

Brasileira Carolina Borges, especialista em saúde pública que criou o projeto Professor Mode On

O projeto surgiu a partir de uma pesquisa e de uma série de discussões sobre as necessidades do mercado, já em parceria com a especialista em enfermagem Marina Celly Souza, de acordo com informações de Ligia Braga publicadas no LinkedIn.

As sócias --com mais de 14 anos de experiência docente-- montaram um time de mentores brasileiros e estadunidenses com experiência no ensino superior. Elas partiram do conceito de que educação de adultos se faz com reciprocidade, respeito e técnicas de ensino-aprendizagem eficazes.

O processo é feito para que o professor teste, aplique, reflita, modifique e transforme sua prática profissional de acordo com sua necessidade, valores pessoais e profissionais e o estágio de sua carreira.

Créditos: @Rawpixel/iStock

Programa criado por brasileiras tem como meta "ensinar professores"; veja como funciona

O programa tem um cronograma de workshops presenciais no Brasil e nos Estados Unidos, além da possibilidade de mentoria remota por todo o mundo. Para consultar a agenda de eventos e cursos, clique aqui. Um dos workshops aconteceu em maio, em Belo Horizonte.

A cada cinco professores que concluírem o programa, o Professor Mode On garante que fará a mentoria de um colega que está fora do mercado de trabalho.

Segundo as organizadoras, mais de 5.000 alunos foram impactados pelo projeto. “Entendemos que educação transforma vidas e empodera”, diz a página do Professor Mode On. “E quanto mais professores seguros, disruptivos e transformadores espalhados pelo mundo, melhor para o desenvolvimento das nossas sociedades.”

Com informações do LinkedIn

Professores bloqueiam celulares nos EUA (e estudantes adoram)