A chance de comprar um produto por um valor mais barato é o serviço oferecido pela Baixou. O engenheiro eletricista Patrick Nogueira, 30 anos, criou a startup em 2011 com o objetivo de acabar com a dificuldade dos consumidores de terem a certeza de realizar uma compra com o melhor preço.

“No começo eu tinha apenas um blog onde monitorava manualmente as promoções. Mas agora, a startup já conta com ferramentas que rastreiam a variação de preço de mais de 3 milhões de produtos em todo o varejo nacional”, conta.

koun/iStockphoto

Após passar pelo processo de aceleração do “Plug and Play Tech Center”, no Vale do Silício, a empresa também lançou um plugin que detecta em tempo real o menor preço encontrado momentos antes da finalização das compras virtuais: o “Baixou Agora”.

“Os usuários podem comparar e conferir preços de produtos sem sair do site da loja, momentos antes de fechar as compras”, explica Nogueira. “Atualmente, a ferramenta registra mais de 830 mil downloads e já conta com cerca de 10 mil usuários diariamente.”

O engenheiro, que também é o CEO da startup , conta que utiliza o serviço para todos os tipos de compras via internet. “Uma vez precisava de uma máquina de lavar e encontrei uma que custava R$ 2.100. Coloquei o produto para monitorar pelo Baixou Agora e após alguns dias recebi um torpedo às 5 horas da manhã, informando que a lavadora tinha baixado de preço para R$ 1.700”, diz. “Efetuei a compra no mesmo instante e voltei a dormir. Quando acordei, às 9 horas, verifiquei o preço da lavadora novamente e vi já tinha retornado para R$ 2.100.”

Com o apoio da aceleradora Star You Up, no Brasil,a Baixou planeja disponibilizar no futuro o serviço de monitoramento de passagens aéreas.