Milhares de pessoas estão fazendo tatuagens, temporárias ou definitivas, do símbolo "ponto e vírgula" em seus corpos e compartilhando imagens nas redes sociais. O movimento, chamado #ProjectSemicolon, promove o apoio a pessoas que lutam contra problemas de saúde mental, como depressão e outros distúrbios psicológicos.

A iniciativa no Twitter, Instagram e Facebook procura quebrar o estigma e trazer novas esperanças a quem sofre dessas condições de saúde. Nas fotos, os desenhos do "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou até mesmo em tattoos permanentes.

Créditos:

Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

O projeto teve início em 2013, quando a criadora Amy Bleuel tatuou essa mesma imagem como uma homenagem ao pai que cometeu suicídio.

Veja mais:

1/5

 

Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

2/5

 

Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

3/5

 

Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

4/5

 

Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

5/5

 

Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

  •  

    1/5

    Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

  •  

    2/5

    Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

  •  

    3/5

    Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

  •  

    4/5

    Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

  •  

    5/5

    Os desenhos de "ponto e vírgula" são feitos com canetas ou em tattoos permanentes (Foto: Reprodução/Instagram)

Via BuzzFeed