E se as empresas trocassem o vale-transporte ou a vaga no estacionamento por bicicletas compartilhadas, oferecendo prêmios aos funcionários a cada 100 km pedalados?

No espírito de realizar experimentando, o laboratório de criação Señores criou o Bike da Firma e, com duas bicicletas, está testando o modelo de negócios internamente com seus oito funcionários e com empresas parceiras de diferentes perfis e localizações, para que ele se torne sustentável.

Quando estiver pronto para comercialização, no segundo semestre, a empresa interessada pagará uma assinatura mensal pelo aluguel e pela manutenção das bikes e terá à disposição o site e o aplicativo customizados, podendo gerenciar internamente as metas e os prêmios, que hoje vão de aula de arquearia a massagens e chopadas.

Com chips nas bicicletas, o site contabiliza em tempo real a quilometragem percorrida, a quantidade de CO2 que deixou de ser emitida, a economia em combustível e as calorias dispendidas. A ideia é criar uma oportunidade para o funcionário experimentar um meio de transporte alternativo para resolver questões cotidianas no intervalo do trabalho e incentivá-lo pela atitude.

“É um projeto ganha-ganha para todos: os ciclistas, as empresas parceiras, a cidade e a Señores, que criou algo útil e divertido”, afirma a designer Fábia Barbieri, sócia-diretora de negócios e operações.

Por QSocial