Toca o telefone no Hospital do Graacc. Uma criança atende. Do outro lado da linha está o Ben 10.

Não é apenas este personagem que tem telefonado para os meninos e meninas que estão em tratamento contra o câncer. Há chamadas de Lindinha, Florzinha e Docinho, das Meninas Superpoderosas, e Finn e Jake, de Hora da Aventura, entre outros, que surpreendem os pequenos e oferecem mensagens de carinho.

Créditos:

Crianças atendiam telefones que estavam na brinquedoteca e no pronto-atendimento do hospital (Foto: Reprodução/YouTube)

 

A ação “Helpline de Desenhos” foi desenvolvida pela Ogilvy Brasil e contou com o apoio do Cartoon Network, que cedeu gratuitamente os personagens. Dez dubladores aceitaram participar da iniciativa.

Foram colocados telefones de verdade com temas infantis na brinquedoteca e no pronto-atendimento do Hospital do Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer), que fica em São Paulo. Quando tocavam, a criança atendia o telefonema de seu personagem favorito.

Créditos:

Ação com personagens de desenho animado visou humanizar o tratamento de crianças com câncer (Foto: Reprodução/YouTube)

 

Na conversa, o herói estimulava o paciente a fazer o tratamento e dava força ao pequeno. A ação visa oferecer assistência mais humanizada. As conversas foram orientadas pelo superintendente médico do Graacc, Antônio Sérgio Petrilli.

Créditos:

Os personagens foram cedidos gratuitamente para a ação pelo Cartoon Network (Foto: Reprodução/YouTube)

 

“A missão do GRAACC é promover a cura de crianças com câncer com qualidade de vida. Trabalhamos para garantir um tratamento de qualidade, com os mais avançados padrões científicos, mas também investimos na humanização do atendimento hospitalar. Essas ações trazem benefícios psicológicos e fazem bem para a autoestima do paciente, que aceita melhor o tratamento”, explica o médico.

Por QSocial